Alimentação‎ > ‎Artigos e Estudos‎ > ‎

Alimentos da Estação

Alimentos da Estação

Os alimentos de origem vegetal estão aqui na Terra para nos fornecer vitalidade e saúde. Eles cumprem todo um ciclo, captando nutrientes do solo, água, ar e sol, para depois, com seu viço, cor, aroma, textura, formas e sabores; para finalmente se oferecerem, se doarem para a evolução humana. Que gratidão devemos sentir por esta terra, água, ar, sol e todos os vegetais!

Os alimentos da estação são mais saudáveis porque apresentam maior abundância de seus componentes, como as vitaminas e sais minerais, por exemplo. É a programação genética de cada planta. Numa determinada época do ano, que pode variar de espécie para espécie, disparam os mecanismos reprodutivos aumentam as raízes e caules, produzem mais folhagens, geram as flores e os frutos. Mas a produção natural só acontece quando a planta está no seu estágio mais sincronizado com o ecossistema, quando sua nutrição, desenvolvimento e vitalidade são plenos. Tudo isso é passado para cada parte da planta que "frutifica e amadurece" no tempo certo. Por isso seu aroma será inebriante, seu sabor prazeroso e salivador (dá água na boca), terá maior concentração de sumo e fibras (crocância), sementes maiores e entumescidas, vitaminas e sais minerais serão abundantes.

O alimento fora da estação perde muito dessas características. Perde seu cheiro característico, será mais seco e pobre nutricionalmente. Além disso, para serem produzidas fora da época certa, precisam receber grandes doses de fertilizantes químicos e agrotóxicos, insumos artificiais que são caros e tóxicos para todos (solo, água, ar, fauna, flora, produtor e consumidor). Comprar e consumir alimentos da estação é antes de mais nada uma atitude ecologicamente correta. De forma direta é mais econômico devido à sua maior oferta no mercado, mais saudável e seguro.

Portanto, é importante que conheçamos as épocas NATURAIS de colheita de cada alimento, pois cada um deles terá maior plenitude nas suas propriedades nutricionais, como a função de provocar (segundo a medicina tradicional chinesa) a sustentação da vitalidade dos órgãos e vísceras do corpo humano que estão mais vulneráveis em cada estação, e garantir o bom funcionamento de todo o organismo.

ESTAÇÃO ALIMENTO

Ano todo - Folhas - Frutas - Legumes - Leguminosas - Sementes e seus germinados

Inverno – raízes e sementes é o foco - órgão fragilizado: rins (ossos e dentes)
Abóbora, abobrinha, batata doce, berinjela, brócolis, cará, cenoura, couve-flor, ervilha, inhame, mandioca, mandioquinha, nabo, acelga, alface, chicória (escarola), couve, espinafre, mostarda, repolho, banana, laranja, limão, mamão, melão, morango, pêra, pinhão e tangerina.

Primavera - órgão fragilizado: Fígado (tendões)
Abóbora, abobrinha, alcachofra, berinjela, beterraba, cenoura, chuchu, couve-flor, ervilha, mandioquinha, nabo, vagem, alface, almeirão, catalonha, chicória (escarola), repolho, banana, caju, laranja, melão, morango e pêssego.

Verão - órgão fragilizado: Coração (vasos) Abóbora, abobrinha, agrião, alcachofra, alho, batata-doce, berinjela, cenoura, chicória (escarola), chuchu, jiló, mandioca, milho verde, moyashi (broto de feijão), nabo, pimentão, quiabo, rabanete, repolho, abacaxi, abacate, ameixa, banana, caju, coco, figo, goiaba, jaca, laranja, limão, maçã, manga, maracujá, melancia, melão, pêra e uva.

Outono - órgão fragilizado: Pulmões (pele)
Abóbora, abobrinha, acelga, alface, batata-doce, berinjela, brócolis, chuchu, mandioca, nabo, pimentão, quiabo, rabanete, tomate, vagem, repolho, abacate, banana, caqui, coco, goiaba, jaca, laranja, limão, maçã, maracujá, melancia, pêra e tangerina.

Importante lembrar
Alguns alimentos precisam ser observados e reconhecidos como tal pelo consumidor brasileiro. Bom exemplo são as folhas da beterraba, rica em nutrientes (antioxidantes, ferro e clorofila) e excelente para sucos, saladas e refogados. Da mesma forma as folhas cenoura, couve-flor, abóbora, brócolis, entre outros, possuem folhas e talos que bem complementam uma alimentação saudável, mas não são aproveitados por falta de informação. Assim, quando for à feira ou Sacolão, procure comprar produtos que sejam condizentes com a época do ano e aproveite ao máximo o que os alimentos têm a oferecer. Você, com certeza, ganhará em economia e saúde. Outro exemplo são os talos da salsa, coentro, agrião e hortelã, riquíssimos em vitamina C, que podem seu usados nos sucos, chás ou triturados no preparo
de molhos.

Mais exemplos: as sementes da abóbora, melão e melancia que podem ser usadas em sucos e como aperitivos (desidratadas ao sol). As cascas dos cítricos e frutas que podem ser usadas em sucos, chás e no preparo de farinhas. As flores que podem ser usadas em sucos, chás e saladas. Sempre prestando atenção na época do ano, nos alimentos da cultura orgânica ou naqueles que apresentam menos agrotóxicos.

Fontes: MARTINS, L. - O Barato da Feira/São Paulo - Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, 1999
IDEC - http://server.digipronto.com.br/idec.org.br/paginas/emacao.asp?id=204
Comments