Propriedades Medicinais do Shitake

As propriedades medicinais do shiitake são conhecidas há muito tempo, na
milenar medicina oriental é conhecido como "elixir da vida" por suas
qualidades no combate a inúmeras doenças, e um importante fator de
longevidade. É considerado também um importante afrodisíaco. Muitas dessas
propriedades terapêuticas foram comprovadas após inúmeros estudos de
cientistas de todo o planeta, mas principalmente do Japão e Estados
Unidos.

É um alimento rico em proteínas, possuindo de 10% a 29% de seu peso seco;
aminoácidos essenciais; contém as vitaminas E, B, C e D; e os sais minerais
cálcio, fósforo, ferro, potássio. Além de conter fibras dietéticas que
auxiliam na digestão, contém baixo níveis de açúcar e gorduras, é portanto,
a receita ideal para dietas por ser muito gostoso, e conter baixas calorias.
Com as recentes pesquisas que comprovarão ser o shiitake um regulador da
taxa de colesterol no sangue, inibidor ao desenvolvimento de células
câncerosas, combate inúmeras doenças causadas por vírus, bactérias ou outros
fungos.

100 gramas de shiitake fresco contém:
Descrição Quantidade
Calorias 55
Proteínas 1,55g
Carboidratos 14,3g
Ácido pantotênico 3,5mg
Vitamina C 0,3mg
Cálcio 3mg
Gordura 0,219g
Fibras 4g
Cobre 0,897mg
Ferro 0,44mg
Folacina 1,5mg
Niacina 14mg
Magnésio 29mg
Fósforo 0,158mg

Um cogumelo comestível que apresenta as propriedades terapêuticas de um cogumelo medicinal. O Shiitake é cultivado a aproximadamente 800 anos pelos orientais, destacando dos outros cogumelos devido ao seu alto teor em vitaminas e substâncias, que fortalecem o sistema imunológico. No mercado mundial, o Shiitake detém o segundo lugar. O Shiitake é um fungo e seu  cultivo é em toras ou substratos à base de serragem de madeira.
Com sabor característico e muito usado na culinária chinesa e japonesa, o shiitake pode ser consumido de versas formas. Risotos, saladas, pizzas, diversos tipos de molhos, grelhados, estrogonofe são algumas das possibilidades de preparo com o cogumelo.
Ele pode ser preparado inteiro ou somente com a parte de cima, por ser mais
difícil de cozinhar, os talos podem ser usados em patês. a iguaria apresenta-se in natura (fresco) ou desidratado. "O desidratado de
sabor mais acentuado é usado em molhos. o fresco rende mais. fonte de pesquisa: <http://www.sitecurupira.com.br/cogumelo/
shitake.htm>

Comments