Dicas meditação - o que evitar

Deixo abaixo mais algumas sugestões sobre meditação. Hoje vou comentar sobre o que evitar antes de meditar.

- 1° e mais importante: Nunca meditar de estômago cheio, pois isso densifica a energia e a deixa estagnada no plexo solar (região do estômago, baço/pâncreas e fígado). Somente meditar após pelo menos duas horas das refeições. Procure também, se for meditar por períodos mais longos, ingerir nas refeições alimentos mais alcalinos e leves, balanceados e naturais, isso facilita a digestão e eliminação, permitindo que a oxigenação flua melhor pelo corpo;

- 2° que dispensa comentários: Nunca meditar se ingeriu drogas, bebidas alcoólicas, remédios fortes, ou qualquer coisa que turve a mente. Meditação exige atenção e plenitude na mente e no coração;

- 3° e não menos importante: Evite consumir café ou qualquer produto que contenha muita cafeína, pois é preciso calma e não adrenalina para meditar. Parece algo banal, mas é um dos equívocos mais comuns nos praticantes hoje em dia, e um dos motivos da impaciência e agitação iniciais. A cafeína age por um bom tempo no cérebro, portanto evite por pelo menos 4 ou 8 horas antes de meditar, ou de preferência, substitua por suco de frutas ou infusão de ervas (chás);

- 4° recomendado: Se for meditar, procure usar roupas leves, confortáveis e de preferência com tecidos naturais. Evite panos muito sintéticos, dando preferência a algodão ou o mais próximo do natural. Não é imperativo, mas ajuda na circulação da energia e permite também que a transpiração ocorra com mais facilidade;

- 5° para refletir: Não ache que meditação no inicio é apenas sentar em silêncio. No começo é preciso utilizar alguma técnica para recordar e permitir que os canais se abram, e realmente possa reconhecer o silêncio tão esquecido pelas turbulências de anos de uma vida caótica da era atual. Meditação requer antes de tudo, disciplina e força de vontade. Também é preciso fortalecer o corpo, pois se a musculatura da coluna estiver fraca e os tendões muito curtos, irá dificultar o processo e pode acabar sentindo dor e cansaço. Não é regra, mas práticas de yoga, tai chi chuan, artes marciais, alongamentos, natação, e outros métodos simples, podem ajudar muito;

- 6° para sentir: Não se esforce muito na meditação. O esforço deve acontecer antes da meditação, aquele esforço para "arrumar" um tempinho para cuidar do interior. Mas quando sentar para meditar, não é preciso esforço, e sim relaxamento e introspecção. Permita-se uma entrega completa de corpo, mente e espírito as energias sutis do amor. Antes da não-ação, é preciso observar a ação;

- 7° para evoluir: Antes de qualquer meditação, lembrando que meditar não é algo religioso, procure fazer uma oração, um mantra ou algo que ajude a selar o ambiente em que esteja e também elevar o padrão de energia, permitindo uma melhor sintonização junto as energias de luz e seus mestres, mentores e guias espirituais. Não é preciso focar em imagens, pensamentos ou no vazio, mas inicialmente apenas respirar e permitir-se observar a si mesmo.

Não se desespere com o fluxo de pensamentos, emoções, dores pelo corpo. Meditar apesar de algo simples, sentar e ficar em silêncio, é um disciplina interior que muitas pessoas, principalmente no ocidente, não estão acostumadas. É preciso paciência e calma, disciplina e força de vontade.

Não tente competir com outros pessoas caso medite em grupo, nem consigo mesmo caso esteja só. Competir gera ainda mais ansiedade.

Acima deixei apenas alguns toques respondendo a algumas questões que as vezes são feitas. É apenas minha humilde opinião a respeito, valendo para cada um sentir e observar em si mesmo aquilo que lhe é mais afim.

Como sugestão, recomendo as práticas de Kriya Yoga (do Mestre Yogananda), práticas do C´han ou Zen Budismo, Hatha Yoga, Tai Chi Chuan, Taoismo, entre outros métodos que possam ajudar na abertura dos canais e elevação do espírito.

O mais importante é sentar e meditar, mas se puder receber os ensinamentos de um Mestre, nem que seja por leituras e estudos, pode ajudar muito inicialmente a encurtar o caminho e evitar alguns atropelos.

Se em algum momento quiser saber se está evoluindo nas práticas meditativas, procure observar o quão mais próximo de amar ao próximo está, o quão mais cuidadoso com a natureza, os animais e todos os seres está sendo.

Faça da meditação um hábito diário, e ao longo do tempo os frutos serão doces e o néctar divino um rio de bênçãos.



Paz e Luz!
Terry
Comments