Ensinamentos de um avô...



Ô minha fia, quem disse que ser mãe é ser dona da alma que nasceu docê?!

Quem disse que ter um fio, é ser dona do destino desse pequenino?

Vejo que hoje em dia ser mãe é um status da sociedade, uma forma de mostrar que você seguiu padrões que a éons já não se aplicam a realidade em que vivem.

Ô meus filhos de luz, meus fios queridos, quando um avô ou avó fala, não fala para julgar ou dizer o que tem que fazer, mas só para alertar tua mente que vaga nesse corpo atual, sobre os perigos da falsidade e da tolice de seres que teimam em brincar com fogo!

Sinto no coração de muitos pais e mães a ansiedade pela “conquista” de um filho... isso é bonito até certo ponto, mas o que precisam compreender no intimo dos seus corações, é que antes de ser um filho docês, esse pequenino é um filho de Deus, do nosso Divino Criador, do nosso amado Olorum! Antes de nascer de ti, essa alma já existe na imortalidade do Amor dEle, e és um irmão teu em outros planos de existência... pense nisso minha fia... ter um filho por vaidade não vai lhe transformar em algo que ainda não é em teu intimo.

A verdadeira mãe não escolhe seus filhos, abraça todos os filhos da humanidade como iguais, como parte da sua própria essência. Ser mãe é ser filha antes de tudo, é saber que és irmã ainda antes de mãe ou filha, é sentir o amor pelo filho da vizinha assim como sente pelo filho em tua barriga. Mãe é um estado de amor e não uma função para exercer ou uma obrigação social, muito menos um estado de egoísmo, quando a posse e apego se tornam mais fortes que a compaixão e amor.

Ô minha fia, minha fia de luz que se conecta a Divina Criadora, Mãe Divina, foi colocado na mente docês esse negocio que tem que continuar o nome da família nos filhos, que precisa ter um filho porque é assim que se constitui uma família, é pura tolice... isso não existe e nunca existiu, foi só uma forma que a alguns milênios alguns seres “implantaram” (indução) nos corpos humanos daquela época, para que tivessem mão de obra “escrava”, enfim, quanto mais seres humanos encarnavam, mais mão de obra, e para isso nada melhor que uma forma de controle, para criar na mente coletiva que ter filhos era necessário e um dever da mulher/homem... isso foi a tempos, e não cabe aqui discutir os porquês, mas sim saber que esse conceito não se aplica a vossa vida, e que é mais importante tua felicidade sozinho ou como casal, do que ter a “posse” ilusória de possuir algo que nunca foi teu, assim como um filho ou uma filha de luz, filhos da luz.

Filhos são como jóias do Criador, que lhes é emprestada por uma temporada... e por isso, devem tratar seus filhos como tal, que mesmo nascendo através de vocês, são jóias, fagulhas da Mãe Divina que lhes confiou a guarda até que possam alçar vôos sozinhos.

Pensem, meus fios de luz, pensem direitinho como andam as coisas por ai, na Terra atual em que estão... pensem direito se tem condições de sustentarem uma vida nova, uma renovação de uma alma, na sociedade caótica que vivem. Vejo crianças que poderiam se transformar em grandes mestres se perdendo nas drogas e todo tipo de meios artificiais, estragando e cortando toda a divindade desses pobres, que por mais que vocês como pais tentem “controlar” e educar, quando vão para as ruas, escolas e “festas abertas”, são controladas pelos meios de comunicação que estão muito distorcidos, sendo de certa forma gerenciados por seres que querem apenas drenar ainda mais a energia dessas pessoas... quanta coisa perdida na vida daqueles que se iludem com “jogos violentos”, drogas que os tiram da luz, no álcool que os levam aos umbrais da mente... quantos irmãos e irmãs perdidos, tornando-se fantasmas de si mesmos, espíritos que ainda não compreenderam a luz, por perderem-se nas trevas dos apegos sensoriais... triste bate o coração dos avós e pais, filhos do eterno que oram por vocês!

Ô meus fios de luz, partes do nosso Criador! Abram teus olhos para as mentiras que são contadas! Procurem saber mais dos seus amigos que estão sempre ao teu lado, do que daqueles que só lhes impõe a mentira... ainda não se cansaram dessa brincadeira de achar que a vida de um filho é propriedade humana??? Nunca foi, nem nunca será! Teu fio que nasce de ti hoje, pode ter sido teu pai, tua mãe, teu professor ou teu carrasco em outros tempos... teu fio que nasce de ti hoje, pode vir de outros planetas, de outras dimensões ou ser uma raça que mal cabe mencionar na mensagem, ainda sim és teu irmão de luz, e nasce de ti porque tem afinidade e oportunidade de construírem juntos, aprendizado, compaixão, amor e harmonia na Justiça e na Lei Divina, e não nos apegos, desejos, raiva e falta de compostura junto aos irmãozinhos!

Algum tempo atrás eu tava viajando nos planos da mente, e vi um filme na mente do Criador sobre uma aldeia de Índios muito bonitos, era um tempo antigo dessa Terra, Pachamama, e conto isso agora porque está sendo revisto muitos conceitos sobre esse irmãos que já perderam quase que totalmente sua cultura e espaço entre vocês..., essa tribo vivia no meio do mato, cercada de Elementais, da natureza, de muita energia dos ancestrais e espíritos que de forma semi visíveis se mostravam aqueles Pais Abertos, os Pajés, sobre as coisas do Divino. Esses irmãos de cor de cobre eram muito vivos sobre as coisas do Espírito, e sempre lhes foi ensinado que quando nasce uma criança, é ela antes de tudo filha do Espírito, parte da natureza e irmã de todas as irmãs, irmão de todos os irmãos, filha de todas as mães e todos os pais... nessa aldeia, nessa comunidade, quando nascia um fio era festa para o dia todo, com oferendas de flores, incensos e frutos para os Espíritos e dança para a alma... os filhos que nasciam eram criados por todos, e se qualificavam com o tempo por suas aptidões e não pelo julgamento de poucos. Os fios desse lugar eram livres e suas mentes abertas para o conhecimento de toda a tribo, dos mais novos aos anciões, que lhes ensinavam através amor como viver em harmonia com Pachamama.

Lugar bonito esse, cultura muito mais sábia na conduta que a docês na cultura atual, onde impõe modismo e acham que ter conhecimento é ser sábio!

Um sábio sabe, mas um conhecedor apenas conhece... quem sabe, vive na prática; quem conhece, perece no tempo da teoria...

Ô meus fios de luz, quando avô fala não é para dar bronca nem colocar ruga na testa, mas para no mínimo abrir teu coração e tirar esses laços antigos que te prendem ao passado, ou que podem te levar a um futuro sombrio, de dúvidas e medos!

Quando olhamos em teu coração vemos uma chama linda brilhar. Desde o momento que decide nascer como humano, algo muito bonito acende em teu peito e todo teu corpo, brilhando feito estrela no céu da noite, feito o sol na manhã mais clara, feito o amor da Mãe Divina por todos teus fios de luz, como grande luz divina!

Não aceite mais essa conduta impensada, achando que ter um filho vai lhe transformar em outra pessoa... reflita melhor sobre o que é ter um filho, e antes de qualquer coisa transforme-se na pessoa que pensa que irá se tornar depois de ter essa criança, que será parte dessa tua existência quando estiver em teus braços, como jóia do Criador.

Primeiro abra tua luz interna e veja quem ocê realmente é, quem realmente está querendo esse filho, se é teu coração que atende ao chamado de uma alma que precisa vir a Terra, ou se é teu julgamento e conduta obedecendo a algo antigo que está amarrado em tuas células, em teu DNA, em tua ancestralidade... procure ver com teus olhos fechados e com teu olho interno aberto, quem realmente está no comando de tuas vontades, e se elas atendem ao chamado do Espírito, do nosso Criador, ou se atende ao modismo existencial.

Ô meus fios de luz, vejo também no coração docês, doces coração que mais parecem Sóis de Luz, mas que se apagam tão facilmente quando tem medo, raiva, ódio... ocês também tão achando que todo fio que entra nos corpos quando nasce já é um tipo de "cor" melhor que a de vocês... as chamam de cristal, índigo, arco-íris e uma porção de cores e títulos diferentes... vixi meus fios de luz, quanto se iludem ainda com títulos e desejos de que teus filhos sejam diferentes e melhores que outros, como se fossem concorrer com teus irmãos para ver quem é melhor... triste, muito triste essa situação em que se colocam...

Essas crianças que nascem, em grande parte, ainda não tem esses títulos que procuram colocar, não tem não. O quem elas tem é uma baita falta de educação, bicho na barriga (lombrigas e vermes), e também muito acesso fácil ao uso desordenado das informações que se espalham feito carrapato pelas formas de comunicação de vocês, que vejo só trazerem na grande maioria ainda mais distorção para as verdades do espírito, colocando na tecnologia uma forma de solucionar problemas, que na verdade só se torna solução para alguma coisa quando as pessoas que as utilizam ou desenvolvem, procuram obedecer certas regras básicas que não ofendam a natureza, o que não é o caso docês, que criam máquinas artificiais para substituir humanos, que criam ondas de partículas no ar (wi-fi, celular, micro ondas...), que os fritam vivos!

Essas crianças que vocês colocam títulos para se acharem melhores que outras, se não tiverem disciplina e um cuidado muito grande, mesmo que tenham nascido com certas afinidades espirituais maiores que outras, podem se perder na cultura desumana dos vícios e artifícios da desordem. Elas, mais que qualquer outra, precisam é de disciplina amorosa, cuidados dos anciões e principalmente, coerência no ensino, que precisa ser limpo dos pré-conceitos de vocês e do julgamento quanto as informações que passam. Precisam como já lhes sugeri, antes de ensinar alguém, ensinarem a si mesmo o que é ser um espírito em corpo humano.

Vocês, meus fios de luz, sentem isso dentro docês, sentem que são espíritos vivendo como humanos, ou ainda acham que são apenas humanos escalando alguma montanha para virarem espíritos? Essa verdade precisa aflorar no coração docês feito lírio de campo, antes de tentarem ensinar sobre isso para os filhos que tentam nomear como “já nascidos evoluídos”...

Tem o caso das criancinhas com bicho na barriga, e algumas com bicho na cabeça também (obsessores). Os antigos sabiam que planta mata os bicho, seja da barriga ou da cabeça (chá e banho de ervas), e davam água com planta macerada e abençoada pela natureza, não deixando adoecer e criar coisa ruim dentro do corpo. No mundo atual, nesse presente tempo em que estão, o cuidado deve ser ainda maior, porque outros tipos de bicho cada vez mais inundam e infectam o corpo, principalmente dos fiozinhos novos da luz, que mal chegam a esse planeta e já precisam criar resistência interna para se adequar aos parasitas externos... ocês sabem que no corpo de um humano existem quase 1,5 quilos de parasitas co-existindo com cada um? É isso mesmo, os nossos amigos orientais já falam sobre isso a muito tempo, e ensinam que teu corpo é um templo do espírito, e que é um micro-cosmo do macro-cosmo, do TAO.

Esse micro cosmo comporta um universo em si mesmo, e tens tudo isso de parasitas que são benéficos e indispensáveis para que continuem habitando esse corpo enquanto estiverem vivendo na matéria. Mas o problema é que nem sempre esses parasitas estão sozinhos na boa vizinhança, e chegam outros que são ruins para seu corpo, bichos que infectam e entopem, criando hiperatividade que julgam ser normal nos teus filhos... procurem os seus médicos para saber mais sobre isso, ou os antigos que conheçam bem do assunto; isso é muito sério e precisa de cuidado.

Ô meus fios de luz, quando um avô fala, não é para tirar tua esperança ou vontade de ter um fio de luz, mas para colocar juízo em tua cabeça, e te fazer entender que antes de trazer a luz em forma de criança para a Terra, precisa se tornar uma luz para sustentar a energia de uma criança com esse padrão que chamam com "cores diversas". E se já tem um fiote do Criador, um filho, faça de tua vida um exemplo de luz na vida dessas crianças, e caso tua vida seja tão difícil e penosa quanto acha que é, saiba que nas maiores dificuldades tem as maiores oportunidades de mostrar tua fé e luz, de mostrar que acima de todas as coisas reconhece que a vida que te foi dada é uma dádiva de Deus para teu próprio aprendizado. Então fio de luz, ao invés de reclamar tanto, ore mais e tenha mais humildade em pedir ajuda a nós, que mesmo tu não vendo a olho despido, estamos sempre ao teu lado para te ajudar até que tu se recorde da tua própria divindade; é só chamar e ter paciencia para dar tempo das coisas se manifestarem na hora certa.

Todas as crianças e todos os seres já são iluminados por natureza, já tem luz na cabeça e são abençoadas pelo Espírito, pela Luz do Amor. O que acontece realmente é que algumas nascem com maior ou menor consciência e evolução dentro dos planos do Criador, cada uma dentro das suas próprias necessidades; mas saibam também que só nasce um Ser “desperto”, de pais despertos, enfim, só pode gerar uma corrente de energia de 220 volts em uma tomada que tenha capacidade para gerar essa energia, senão torra e queima o circuito, não é assim que acontece?

Ter um fio de luz é benção do Altíssimo, (todo ser é luz), e venha como vier, os abrace e os ame eternamente, porque antes de serem filhos que nascem de ti, são teus irmãos de luz, Filhos de Deus. Tire o sentimento de posse ou dever, e coloque o sentimento de Amor e Unidade.

Ô meus fios de luz, cuidado com aborto, isso é assassinato a sangue quente! Se não está preparado para gerar um caminho para essa alma encarnar em corpo, deixe o pingulim dentro da calça, para com essa coisa de achar que sexo é algo banal sem conseqüência, (isso vale para homem e mulher)... o ato de fazer sexo libera muito mais energia que vocês compreendem no atual estágio da humanidade, e infelizmente aqueles que sabem sobre isso não divulgam ou ensinam mais sobre os sagrados conceitos do Tantra Yoga, ou dos rituais antigos da consagração do ato sexual, que se for feito com amor e respeito, pode lhes abrir novos meios de ascensão e evolução energética.

Quando um avô fala sobre sexo, os netos coram suas faces, porque recordam de atos e atitudes não pensadas, normalmente movidas pelo álcool, drogas e desejos desumanos... esqueçam isso meus fios de luz, esqueçam seu passado e aproveitem a oportunidade da maturidade que encontram-se quando observam e entendem que isso foi parte do teu aprendizado, mas que hoje pode libertar-se disso tudo e dar um rumo mais sábio em teus hábitos e conduta de vida, como luz que realmente és.

Sabem porque os homens as vezes tem mais desejo por sexo que as mulheres? Porque alguns tem o intestino mais cheio que deveria, e isso faz as fezes pressionarem a próstata mais do que deveriam, o que desregula a corrente da energia sexual. As comidas com muita farinha, muito açúcar, álcool principalmente, que é veneno, comida pungente, entre outras coisas, podem fazer a mente ficar perturbada, e gerar desejos corrompidos... mas ó só, mulher também tem tudo isso viu, só que na mulher o ciclo é diferente por sua própria constituição energética e magnética.

Sexo é bom sim, mas precisa ser feito com mais amor e menos desejo desenfreado! Precisa de mais companheirismo e menos quantidade, mais qualidade meus filhos, e não por um mero orgasmo de alguns segundos... e não fique corado não, é um ato sagrado como já disse, e se tu se cora tanto quando pensa nisso, deveria rever a forma como interage com essa energia bonita, e que deve ser respeitada e entendida como tal.

Ô meus fios de luz, viajando pela mente do Criador, vejo também um povo que sabe sobre isso, e quando tem suas relações sexuais, é um ato muito belo e sagrado ao coração iluminado. Não existe medo, ansiedade, rotina, nem desejos somente corporais, nesse local onde estão (os seres de outro plano...), quando um casal se junta para trocar energias, ambos se fundem no ato como um só ser, suas consciências se expandem e ambos entram no palácio de cristal, onde o que para vocês no ato do orgasmo são apenas uns poucos segundos, para eles duram horas e horas, e mesmo depois, mantém esse estado de super consciência no gozo do espírito por muito tempo. Quando eles decidem ter um filho, escutam seu coração pelo chamado da alma, existe uma interação desde o ato da geração, criação, até o ato da vinda, quando abraçam aos cuidados do seu coração essa partícula divina do nosso Criador sob sua temporária responsabilidade. Isso tudo não é exclusividade desse povo, é também algo que podem adotar em suas vidas, refletindo um pouco na forma como agem e usam o corpo que habitam atualmente. Inclusive, alguns de vocês já viveram nessa sociedade e tem memória guardada desses seres...

De acordo com alguns estudos do nosso amigo que digita, os seres humanos nascem com uma quantidade de energia (Jing para os orientais, faz parte dos três tesouros, Jing, Chi e Shen), que também é conhecida na medicina, como parte física dessa energia, as enzimas... então, com o tempo essa energia vai acabando e quando termina, o corpo físico morre e você passa para outro corpo de energia onde a tua ressoar. Essa energia e essas enzimas vão perecendo quando agimos de forma desarmônica, através dos alimentos industrializados e poluídos, através do sexo desvirtuado, da poluição... enfim, tudo aquilo que sabem que faz mal, drena essa energia e os torna mais fracos. É por isso que aconselhamos a importância de aprenderem um pouco sobre os princípios da energia da natureza, as formas de limpeza física e energética..., e olha só, hoje é tão mais fácil aprender sobre o assunto, que deixou de ser esoterismo para se tornar exoterismo... mas para isso é preciso vontade e um pouco de esforço, para assim recordar tudo isso que tua alma já sabe desde sempre, pois somos imortais filhos do nosso Criador.

Ô meus fios de luz, esse avô quando lhes fala, os ama como netos amados, como irmãos de fé, como fagulhas divinas que semeiam o cosmo, o Corpo de Deus, com essa tua luz que sempre brilha na imensidão do TAO.

Que Deus os abençoe na jornada, e que essa mensagem chegue acompanhada de muita luz para que ilumine tua mente e teu coração, sem julgamentos ou pré-conceitos, até porque um avô aprende sempre e não é dono da razão, mas de certa forma quando conversa francamente sobre coisas que poucos conferem um minuto de reflexão, pode ajudar de alguma forma a mostrar que a vida é mais que a rotina em que muitos vivem, e que basta um pouco mais de amor e saberia dentro docês, para abrirem novas oportunidades para que as co-criem, como filhos do Grande Criador, Deus!

Todos vocês, não importa raça, sexo, local que vivem, cor do titulo que se colocam..., antes de qualquer coisa são seres imortais na mente de Deus, e aceitaram mesmo que não recordem, a responsabilidade e a oportunidade de viverem nessa época muito especial em que estão no atual presente. Agradeçam muito por isso, porque tem filas de almas esperando a oportunidade que alguns desperdiçam ou ignoram... caso conheça alguém assim, que está esperando o “fim do mundo” para resolver seus problemas, lhes enviem energias de amor e unidade, compaixão e fraternidade, porque assim como é em cima é embaixo, o que muda são as faixas de energia. Reflitam e respondam para vocês mesmos, o que é necessário para mudar a forma atual como vivem? Se assim como é em cima é embaixo e o que muda é apenas a faixa de energia, vibração, será que mudando a tua energia interna, não muda tua vida e a faixa de energia em que vive? Será que se amando mais, estudando mais na companhia dos seus amigos espíritos, vivendo na luz dos Orixás, meditando na iluminação de Buddha, seguindo os passos de Cristo, cantando e dançando com Krishma, orando nos ensinamentos de Alá, vibrando na luz do Yoga... será que ao mergulhar profundamente no teu coração e sentir essa Chama Divina que pulsa em TODOS, não se torna o próprio amor encarnado?

Ô meu fio de luz, volta tua consciência para o bem que existe em ti, deixe no passado teu passado e não carregue mais essa cultura da posse e escravidão que lhes prendeu desde outros tempos a coisas que não agregam em tua vida. Deixe que a energia do amor, mesmos nas obrigações do dia a dia, tome conta da tua vida, passando a se iluminar para o benéfico de todos os seres, como ensina o amado Gautama Buddha.

Façamos juntos uma oração, para que nesse momento atemporal em que lê e se aprofunda em teu coração, sejam todos tocados pela luz imortal dos Anciões e Anciãs do Amor do Altíssimo:

Ô meu Pai de Amor, minha Mãe Divina, nesse momento estou a teus Pés de Lótus, abrindo todo meu ser para que derrame tua luz sobre mim.

Sou teu eterno filho do amor, e peço que abençoe todo meu corpo, toda minha mente e toda minha alma.

Abro minha cabeça para que me toque, e quando me tocar, a luz do teu amor será a luz do meu amor. Quando me tocar, a chama do sagrado Cristo Maitreya tomará conta de mim, inundando cada átomo, cada célula, cada órgão, cada parte de mim, com tua luz de amor e compaixão.

Abro meu coração ao amado Sananda, a amada Kuan Yin, ao amado Metraton, pedindo para que limpem minha mente de qualquer mal pensamento, para que transmute nas chamas sagradas de Saint Germain tudo aquilo que não mais pertence ao meu presente, ao meu agora... Na verdade e na luz de Gautama Buddha, peço que seja um novo começo para minha liberdade interior, onde em meu coração e minha mente só terá lugar a Luz de Deus, do nosso Criador.

Peço que todos os amados Chohans irradiem seus raios sobre meu ser, que os amados Orixás guiem meus passos juntos aos Mestres Ascensionados, que na eterna bondade sempre cuidam de mim, e com seu amor tocam minha alma, que reluz o mais puro arco-íris divino.

Vem minha Mãe Divina, meu Pai Celestial, e faça da minha vontade tua vontade, do teu amor meu amor, da tua compaixão minha compaixão, da tua luz minha luz, da tua vida minha vida!

Sou parte de ti Deus, e dentro de mim desde sempre, tua luz irá brilhar. Nesse momento sou uma pequena chama, mas em espírito sou a fogueira que arde de amor por Ti.

Que minha vontade seja a tua, e que tua vontade se faça em mim, no amor, paz e harmonia!

 

Ô meu fio de luz, me despeço em lágrimas e bênçãos, porque os vi mergulhados nesse oceano de luz, e agradeço ao nosso Criador pela oportunidade de tocar a cada coração com o amor em mim, para o amor em ti.

Saravá! Namastê!


Na Paz e Luz!

Terry


*Este texto pode ser compartilhado, desde que citado fonte e autor.

Comments