Não mais o mesmo...


Não sou mais quem eu era... impossível dois seres existirem quando não se tem mais identificação com os extremos que mascaram a percepção da Fonte... se assim me permitem com humildade, peço licença para falar sobre mudanças... e com amor, deixo meu carinho nestas palavras.

Algumas vezes encontramos pessoas que fizeram parte de uma fase em nossa vida, que muitas vezes hoje já não existem mais da mesma forma. Todos passamos por isso em algum momento...

Quem olha para mim hoje não pode dizer que sou o mesmo de ontem, tudo é uma grande mutação na mente de Deus... Acredito que o julgamento e apego com o passado é o que nos atém ao que chamamos de karma, a identificação com os erros cometidos por nós ou por outros. Se em algum ponto da vida erramos mas hoje compreendemos com isso, não deve existir culpa ou medo, se internamente pede-se perdão e compreende que aquele momento foi necessário, para que hoje consigamos perceber as coisas de outra forma, melhor do que antes.

Quando olho para mim mesmo a dez, quinze, vinte... anos atrás - isso falando só dessa vida...rs - , é difícil imaginar que tantas coisas teriam que acontecer nesse "corpo e mente" para compreender e entender muito sobre mim e sobre tantas “mancadas” que dei no passado, entender o quando precisamos continuamente aprender sobre o amor de Deus em nós mesmos. Seja com amigos, família, pai, mãe, irmã... varias vezes olhando para trás percebo que muitas coisas aconteceram para que possamos de uma forma ou outra entendermos a nós mesmos, percebendo que nunca estivemos completamente errados, mesmo estando errados...rs O erro é uma ação reflexa de nossos pensamentos, do nosso aprendizado, não culpas, mas sim vivências.

Tudo é um ponto de vista no momento em que acontece, que se cria ou co-cria pela experiência, pela vivência das situações que formam aquele instante, onde um segundo depois já vira passado, apenas uma memória na mente, que só se mantém real quando sustentamos internamente, na mente, criando obstáculos para que cresça e evolua como espirito. Esse passado que prende, machuca, é memória, um fragmento do que aprendeu para estar hoje um pouco melhor do que antes, mesmos entre "trancos e barrancos".

Nem sempre temos condições de "voltar no passado" e encontrar as pessoas que partilharam das varias fases do nosso crescimento nesta ou outras jornadas, mas uma decisão importante que podemos ter é sentar e internamente perceber o que fizemos e como isso afetou o que somos, não importando o resultado mas sim as percepções...

Os erros são importantes quando tiramos o véu da culpa e do medo, expondo para nós mesmos aquele ser que no passado gritou, brigou, riu, chorou..., mas que agora procura ser manso e compassivo. No estado de introspecção percebemos que já não somos mais os mesmos, podendo finalmente deixar para trás qualquer resquício do passado, compreendendo a essência primordial que vem do próprio Espirito de Luz.

Dei tantas “cabeçadas” na vida como qualquer um. Quando criança aquelas discussões bobas com os pais, "briquinhas" infantis com irmã... na adolescência gordinho, e como muitos nessa situação as vezes ignorado... e em outras situações como muitos naquela fase "aborrecente", achando que está certo na forma de pensar, o que acaba com o tempo criando uma “casca” defensiva que muitas vezes resvalam na família e nos amigos, magoando-os por não entender o momento, ou por não sermos verdadeiros conosco mesmo, escondendo dentro do coração falhas que não compreendemos como tal... a vida é assim, entre tropeços do corpo e da mente, vamos construindo a realidade que vivemos, mas o mais importante é compreender o momento atual que estamos vivenciando no agora. Quando nos propomos a isso, existem fortes mudanças internas que ajudam a quebrar a "casa velha", dando espaço para um novo ser nascer na luz e no amor.

Toda discussão e discórdia com família, amigos, ou qualquer ponto da vida que ainda reste alguma magoa ou duvida dentro dentro de nós, pode ser liberado se uma forte vontade de encerrar com o passado estiver batendo a porta do coração. Para isso existe uma chave secreta que precisamos aceitar, o Amor Cristico.

Como disse antes, já magoei pessoas, discuti por infantilidade, deixando algumas pessoas que talvez nunca mais tenha contato nessa existência atual, tristes com minha conduta do passado. Mas aquele que fez isso não existe mais. Posso continuar com o mesmo corpo, com o mesmo cabelo (apesar de ter caído um pouco com a idade...rs)... mas aqueles que me conhecem do passado nunca poderão dizer que é o mesmo, já que foi completamente encerrado, vivendo a partir daquele momento único, o agora (que não é o presente, o dia de hoje, mas um estado do continuo), um novo ser, desperto para uma realidade que só se compreende quando passamos por situações que como um labirinto mental, nos conduzem para o caminho correto do amor. Esse agora foi a tempos, mas existe eternamente, no agora. Passado, presente e futuro deixam de ser um estado para estar, mas sim paginas de um grande livro, encerrado no amor. Não melhor ou pior, mas aprendendo, e tentando aos poucos pelo menos ser um pouco melhor que a um segundo atrás... nem sempre dá certo, mas com fé, vamos caminhando.

Todos passamos por essa mudanças continuamente, mas o que muitas vezes ignoramos é que não precisamos reencarnar inúmeras vezes para compreender e reparar os erros, passar por testes para resolver pendencias ou situações desta e outras existências. Como seres multidimensionais, partículas de Deus, almas que não se restringem somente ao corpo, para alterarmos o passado mesmo ainda nesta existência bastam algumas reflexões e ações (físicas e mentais), que se sinceramente estivermos dispostos a refletir e fazer, criamos, ou melhor, co-criamos uma nova ponte para que uma nova qualidade de energia se manifeste no coração e na vida, deste corpo, da nosso mente e do nosso Espirito de Luz.

Não estou seguindo as linhas dos textos que costumo escrever ou postar, então desde já peço desculpas pela ortografia...rs.


Hoje, aqui e agora, enquanto digito estou trazendo meus vários “Eus” lá do passado e quem sabe, de alguns outros lugares, que finalmente sinto, intuo, respeito e aprendo, compreendo talvez, como um só Ser que depois de longo tempo deixou o apego a tudo para recordar "a essência", e quando recordou, de certa forma, já deixou de existir... então quem escreve não tem pessoa, não são muitos nem um só, apenas uma partícula indivisível de amor, que de forma humildade, mesmo não colando uma foto sorrindo, pede perdão a qualquer um que esteja lendo este texto, pois talvez você tenha feito parte do meu “passado”, onde um dia de alguma forma eu possa ter lhe magoado... portanto a você que está lendo, peço perdão.

Tempos atrás resolvi tentar compreender o passado e futuro, dentro de mim, tentando "entender" a existência interna que tanto intuía, se é que é possível...rs Para isso não existem professores, livros, praticas... nada além de olhar para dentro... as praticas, os livros..., são todos benéficos e ajudam muito a caminhar, mas não podem nos forçar ou fazer compreender que é necessário primeiro se perdoar por qualquer coisa, um perdão verdadeiro e não uma forma de escapar do que fizemos, compreender que nem sempre as nossas certezas são as mesmas de outras pessoas. Todos sempre acham que estão corretos em sua forma de pensar e agir, cada um é um universo, um pequeno universo de uma grande Mente Divina. Brigar, discutir, magoar as pessoas... isso nada mais são que dois pensamentos diferentes tentando ocupar o mesmo lugar na mente de uma ou mais pessoas. Confuso? Imagina quando olhamos tudo isso dentro de nós...rs

Quando de certa forma "olhei" isso – e essa percepção nunca é igual para duas pessoas – sentei e passei tempos olhando, observando, e com o passar do tempo fui pedindo perdão a todas as pessoas, mesmo aqueles que desde a infância não vejo mas sentia que de alguma forma ficaram resquícios de pensamentos discordantes, pedi perdão por qualquer mal que lhes possa ter feito, pedi perdão a minha família, a meus amigos, ancestrais... e assim por diante. Com o tempo fui fazendo isso com tudo, até mesmo com os animais, as plantas, até a parede...rs Pode parecer utopia, ou até mesmo pode achar arrogância, mas sinceramente não é... não tiro minha responsabilidade por meus atos, sejam bons ou ruins, apenas estou tentando compartilhar aqui algo que pode lhe ajudar a compreender quem está agora aqui, não é mais alguem quem existiu, mas alguem que existe e ama, você, eu e seja quem for, sem passado, apenas amor. Talvez alguns possam pensar que isso tudo é ridículo, me julgar, entendo, porque é sempre mais fácil escrever, porque as palavras nem sempre tocam todos os corações, mas peço, com todo carinho e amor em Cristo Jesus, que estas palavras sejam verdadeiras, e que cada um que estiver lendo possa sentir pelo menos um pouquinho do amor que estou tentando colocar em palavras, mesmo sabendo que esse amor não se explica, só se sente, dentro, lá no coração.

Meu nome, pouco importa, para quem recebeu este texto diretamente de mim sabe quem sou, mas ainda sim não importa tanto, porque a mudança é continua... sim, sou esse mesmo e também todos os outros, do passado e do futuro. O mesmo que hoje de alguma forma tenta melhorar a cada dia algum aspecto, não para ser melhor do que alguem, mas para compreender a natureza, para vivenciar o Amor. Todos os Mestres, não importa de qual filosofia, religião... todos em algum momento comentam sobre isso, e dizem que todos nós somos Amor, filhos de Deus.

Se tudo o que escrevi é confuso e diferente do que costumo escrever, é porque esse texto não tem tempo, não é uma poesia, nem texto de reflexão, nem experiência de vida... só um texto de alguem sentado tentando escrever, deixando nestas linhas um pedido de perdão e um pouco de carinho a qualquer um que esteja lendo; e também para qualquer um que ache que um dia me fez algum mal, deixo meu perdão aqui, mesmo não tendo mais nada e nem a ninguém para perdoar ou desculpar de qualquer coisa, já que não existo mais da mesma forma que antes, apegado a emoções que nunca trouxeram qualquer tipo de coisa boa a nenhum de nós, e que só levam a uma prisão interna que vive nos remetendo ao passado, esquecendo que no presente momento somos diferentes, porque vivemos algo antes, e podemos transcender qualquer coisas que quisermos se nos propormos a isso.

Existe uma palavra, uma forma de pensamento que diz o seguinte “Me perdoe, Te Amo e Te Agradeço...”, Ho.oponoponopono... procurem sobre isso se quiserem, é extremante forte e de muita sabedoria. Quando sinceramente perdoamos a pessoa, a amamos e agradecemos seja pelo que for, o que mais importa? Nada, tudo se vai e fica somente paz. Não uma paz porque nos livramos de algo, mas porque aprendemos com esse algo, com essa experiência, e deixamos isso no nosso "banco de dados interno", mas já não mais sofremos por isso, deixamos ir e nos libertamos, dando espaço para o amor fluir novamente entre todos nós.

Não sou melhor que ninguém, muito menos estou aqui para dar lições, quem sou eu para isso né... tem vários “Eus” que nunca mais tocaram os sentidos da mesma forma, nem poderia tocar-te sem amor, porque você também não existe mais como era antes... somos novos, neste momento em que ambos resolvemos que não existem mais apegos ao passado, seja como for, somos dois seres novos aprendendo que no agora o momento é de amar, de se tornar um só amor, entre amigos, famílias, todos os seres de todas as formas.

Somos uma família espiritual quando aprendemos a nos amar, não importa se nascemos na mesma família física, nossa verdadeira família é aquela que construímos durante nossas existências, deste e outros planos no infinito Omniverso de Deus. Nos encontramos e reencontramos entre muitos planetas e dimensões diferentes, aprendemos e vivenciamos muitas aventuras, algumas juntos e outras separados, mas em essência somos Luz, somos seres sem sexo, cor ou raça, somos, quando nos propormos e fazemos por onde, o Amor de Deus em "ação"!

Você que me conheceu em alguma fase de minha vida, peço desculpas por qualquer coisa, e deixo aqui meu carinho por ti, para que se um dia ainda caso nos encontremos nessa jornada não me olhe com os olhos do passado, mas passe a re-conhecer aquele que aprendeu e te agradece muito por torna-se parte da minha experiência... não guarde o passado dentro do coração, nem sei se daqui alguns minutos estarei ainda dentro deste corpo físico, então esquece qualquer apego e viva feliz, porque seja qual for o futuro, no agora só existe amor!

Não posso dizer que este texto está sendo escrito hoje, porque não sei quando estará lendo... Isso não importa, o tempo só existe dentro dos pensamentos, que são tão materiais para o espirito quanto um punhado de ferro é para seu corpo.

Quando deixamos tudo para trás internamente, vivendo a vida sem apego as pessoas e as coisas, tudo se torna uma possibilidade, pois somos em essência co-criadores cósmicos. Não estou dizendo negar a existência ou tornar-se um "errante", mas internamente nos propormos a mudar. Qualquer mudança que façamos, de uma forma ou outra, em algum momento nos deparamos com o medo do passado e/ou do futuro, mas espero que de alguma forma o que escrevi aqui ajude a nos lembrar que não existe momento de culpa que o momento do agora não possa curar e transformar, se tivermos sinceridade no coração e aprendermos a pedir perdão, ama e agradecer, seja como for, seja quem for, a vida se torna um pouco melhor, agora.

Tudo é vida, tudo é Energia Divina, Deus, o TAO... e como tudo é Ele, desde uma pedra ao imenso Omniverso, que possamos vivenciar dia a dia esse amor que mantém todas as coisas em eterna mutação, em um eterno amor que nossa pequena mente enquanto humanos não consegue entender, mas que nosso coração com certeza consegue sentir.


Quando de alguma forma nos harmonizamos com tudo isso ao nosso redor, mesmo que uma abelha nos de uma baita ferroada no bumbum, não teremos a reação de matar a abelha, mas agradecer por elefante não ter asas e ferrão...rs

Brincadeira a parte, se um dia me conheceu em alguma fase de minha vida, não deixei de ser quem sou, mas estou aos poucos nessa longa jornada compreendendo que todos sempre estivemos certos, e por isso não existe necessidade de guardar qualquer coisa que crie pré-conceitos ou julgamentos, já que tanto você como eu, hoje, somos totalmente diferentes do que eramos ontem, em outra vida, em outro planeta, em outra dimensão, em outro universo... somos uma eterna mutação, que só se vai quando nos fundimos no AMOR...


Deixo aqui uma pequena oração, me colocando e pedindo silenciosamente aos Mestres de Luz inspiração, que iluminem e transmitam esse amor a todos nós, no silêncio do coração:


Pai Celestial, Mãe Divina, que tuas bençãos se estendam a todos nós,
que Teu amor cubra com o manto protetor nossos corações,
e que Tua Luz ilumine os cantos escuros nas nossas mentes.

Eterno Cristo de Luz,
semeie nossas mentes com bons pensamentos,
faça de nossa vivência uma forma de expressão do Teu Amor,
para que todos de mãos dadas possamos reconhecer a Ti em nossos corações,
para juntos nos abraçarmos despojados de toda carne sensorial,
nos entregando ao Teu Amor em uma grande corrente de Luz.

Eternos Mestres de Amor,
Espíritos de Luz Divina,
curvamos com humildade nossas cabeças,
para que os amados Orixás as banhem com Luz.

Abrimos nossos peitos para que Cristo toque nossos corações,
e nossas mentes para que Buddha as abençoem com sabedoria.

Pedimos a Krishna que nos traga felicidade,
e que esta venha acompanhada de harmonia,
para que todos possamos caminhar pelo chão e céu semeando alegria,
distribuindo a Tua Luz por onde passarmos.

Pai Celestial, Mãe Divina,
agradecemos pelas dádivas da vida e da morte,
porque sabemos que somos eternos em Ti,
e que em todo momento Tu pulsa em nós,
em cada celula, em cada átomo, em cada respiração.

Que as batidas dos nossos corações possam ser um mantra de amor,
e Tua sempre abençoada Vontade se faça através de todos nós.

No amor, na Paz e Luz, que Tu ó Deus, derrame suas bençãos nesse momento sobre todos nós.

Que assim seja!


Me perdoe, Eu Te Amo e Te Agradeço!


Na Paz e na Luz!
Terry


*Escrevi este texto se não me falha a memória entre 2009 e 2011, ainda tão válido até os dias atuais... hoje, dezembro de 2013 o li novamente e coloquei esta oração no final, pedindo a Deus que sempre nos abençoem.
Comments