No inicio do sono

Entrando em sonho profundo,
desfaço-me em meio ao nada,
tudo ao meu redor é luz,
estou eternamente ligado ao Todo,
flutuo livre pelo prana,
viajo a múltiplos universos,
sou apenas uma pequena luz azul,
multi cores movimentando-se sem movimento,
existindo sem tempo.

Na paz sublime nenhum pensamento é necessário,
todo o movimento cessa,
não existe motivo, efeito, causa,
apenas a Imensidão sem fim ou inicio,
Eu faço parte,
apenas Sou e Estou,
ao mesmo tempo que não Sou ou Estou,
apenas flutuo por Ele,
aprendendo com suas manifestações de amor,
harmonizando o Ser,
deixando no ar aquele cheiro bom de jasmim,
onde anjos e mestres derramaram suas bênçãos.

Sou grato ao amor,
sou grato a harmonia,
sou grato a formiga que anda no chão,
sou grato a éter do universo,
sou grato a você e ele,
sou grato a ela e você,
sou grato as folhas e flores,
sou grato ao pensamento,
sou grato ao ar e a terra,
sou grato a água e ao fogo,
sou grato a alma e ao espírito,
sou grato...

...

Que esse verso leve para dentro do teu coração, a luz que tudo semeia
de
amor e paz!

Namastê,
Terry

Comments