Pregação?

Certo dia, um monge Zen andava pela rua.
Durante seu passeio foi abordado por duas senhoras crentes, estas, devotas da igreja.
Com panfletos nas mãos, de mensagens de Jesus, perguntaram ao monge se poderiam conversar com ele sobre as mensagens de Deus, queriam lhe entregar um papel com a mensagem de Deus.

O monge sorrindo lhes disse que já conhecera a Deus e a mensagem.
Indignadas com a atitude do monge, perguntaram:

-Como o monge pode dizer que já conhecera Deus? Blasfémia! Não se pode conhecer a Deus, você é pecador! Se conhece realmente a Deus, onde Ele está? Onde descobriu seu Deus?
-Senhoras, peço desculpas se ofendo, encontrei Deus no Diabo! Sim, reconheci Deus no Diabo!
-Que horror, és pecador! Tens o Diabo no corpo! Deve ser exorcizado pelo pastor!
-Senhoras, compreendam. Quem criou o Diabo? Se existe um Diabo, então Deus o deve ter criado. Se tudo vem de Deus, e Deus é tudo, então Deus também faz parte do Diabo.

E continuou...

-Deus não escolhe entre o bem e o mal, não escolhe o melhor ou o pior. Deus não é oculto aos pecadores, se revela a todos. Não existe céu ou inferno para Deus, santos e pecadores são filhos, pai e mãe de Deus, todos são Deus em diferentes expressão, em diferentes motivações.
A dualidade de buscar algo gera o céu e inferno. Sua atitude te leva para o céu ou para o inferno, Ambos são ilusão que criam. Deixem de buscar e apenas sejam Deus, encontrem seu centro. Continuar pregando algo que não realizam faz apenas perder mais tempo levando mensagem, seja a própria mensagem e realize Deus em você, seja o pergaminho vivo dentro de um corpo, essa é a verdadeira mensagem.
AquEle que veio como Jesus, não construi sequer uma pequena igreja, nem ostentou crucifixos de ouro ou disse que alguém tinha o Diabo no corpo, não! Ele apenas andava pelas colinas e ensinava que todos são filhos de Deus, que todos são Deus! Procurou apenas dizer que Ele mesmo não curou, apenas despertou a vontade para a própria pessoa curar-se.
Curem-se de qualquer doutrina que gera mais dualidade, Deus não julga e penaliza, não seria possível, você mesmo já o faz. Mantenha a mente serena, crie seu templo interno de paz e harmonia. Quando comer, apenas coma, quando beber, apenas beba, e quando orar, apenas ore. Quando dormir apenas durma, quando fizer amor, faça amor, o universo manifesta-se através de ti. Você se manifesta através do corpo, a mesma expiração que sai agora dos meus pulmões, pode ser sua próxima inspiração, o mesmo ar! Tudo esta interligado, assim como as ondas, cada uma delas é diferente dentro do oceano, cada uma delas tem sua própria caracteristica, ainda sim todas e cada uma delas é o oceano, só existe onda quando existe ação, assim que o vento para a onda acalma, volta-se oceano cristalino.

As senhoras aturdidas pela resposta do monge, desviaram o olhar e saíram em retirada, comentando entre elas:

-Quem era aquele homem... quem sou eu agora?


Não pensem muito em tantos caminhos e não se percam tanto em suas buscas por mantras e poções magicas, apenas sentem para meditar e tornem-se a própria meditação. Pouco a pouco convertam cada ação do dia a dia em uma meditação, não deixem a meditação na cadeira ou somente em tempos definidos, pratiquem a meditação em cada ação, tornem-se a própria mensagem, a mente é pura, retirem o pó que esconde a natureza plena e vivienciem a experiência, re-descubram sua própria Mestria.


Namastê,
Terry
Comments