Refaça-se

A morte é uma certeza concreta para os humanos! Porque então passar a vida entre apegos, medos, raivas, ódios, se pode assumir completamente o amor e a liberdade de quem tem a eternidade pela frente?

Se todos sabem que irão morrer, porque então passar a vida arrumando meios de ilusão? Entre vícios, drogas, dogmas, porque se prender a alguma coisa?

Guerras por poder, por um pedaço de terra ou uma religião são puramente apego por algo que não pertenceu a ninguém.

Paixões desenfreadas, desejos por corpos, desperdício de vitalidade, brigas de famílias, nada disso nunca trouxe felicidade compassiva, somente mais e mais apegos, medos, raivas, e suscetíveis idas e vindas pela roda da purificação.

Tenha uma família, uma companhia, mas não esqueça que ambos são apenas fractais, centelhas divinas de luz que temporariamente estão humanos, mas que fora do corpo, são luz. Não se apegue tanto que essa luz seja tampada por um véu chamado ilusão.

A vida é para ser experimentada em todo seu potencial de amor! Mas para que esse potencial desperte, é preciso recordar sua origem como Ser Cósmico.

Não é em meio ao comodismo que existe liberdade, primeiro é preciso retirar todos os véus que foram construidos ao longo de séculos, milênios de afastamento da Fonte de Amor.

E para isso basta seguir o coração e abandonar aquilo que vai contra a pureza da alma. Mas será simples abandonar milênios de hábitos grosseiros?

Existem métodos de purificação que ajudam, e muito, nesse redescobrimento pela sua essência imortal. Seja no Yoga, Qigong, Tai Chi, Meditação... seja qual for o caminho que escolher, a re-ligação acontece naturalmente quando já não mais sustenta o condicionamento meramente mundano.

A sociedade apoderada de medo, corrupção, dogmas, vivendo sobre escombros sombrios do EGO, não pode prosperar acima da terra nem abaixo do céu em sua plenitude. Somente limpando as manchas e o pó do espelho da mente se pode ver claramente a vastidão do universo.

Estar no mundo, pisando no chão, com o corpo flexível e a cabeça leve. A energia sobe, o frio e calor desaparecem. O tempo cessa no coração e o amor toma conta dos dez mil caminhos.

A falsa felicidade dos seres está em acreditar que possuindo algo serão completos, esquecendo que tudo o que é regido pelo tempo está fadado a perecer.

A felicidade é muito mais simples de ser vivenciada quando existe a disposição a amar, vivendo todas as experiência do mundo, mas nunca se atendo ou apegando a elas.

Aproveite que possui um corpo humano, que está aqui agora, encarnado neste lindo orbe azul chamado Terra (que coisa né, 70% de água e chamam de terra... ). Aproveite, acabe com essa angústia pela competição de ser perfeito, de ser melhor que seu semelhante, para que isso? Não tente ser melhor ou pior, seja apenas amoroso, livre de amarras a conceitos do que é certo e errado. O errado é sempre errado, e o certo é sempre certo quando se segue o coração ao invés de placas e papéis de leis escritas por EGOs incompletos.

Deixe a depressão para trás, aproveite a oportunidade de ter um corpo, uma vida repleta de oportunidades a cada vez que respira. Procure um caminho novo, algo que lhe desperte e leve para longe do caos chamado medo, apego.

As portas estão ai para serem abertas, mas para isso é preciso que queira abri-las. Para que ter medo de mudar? Para que se deprimir tanto a ponto de pensar mais na morte do que na vida? Ambas são ilusórias, apenas portas de entrada e saída. Mas já que está aqui mesmo, usando esse corpo humano, aproveite para experimentar a vida! Cuide do seu veículo, da sua casa emprestada pela Terra. Seu corpo é seu templo, cuide dele e aproveite para viajar pelos dez mil caminhos sem nunca ter algo como seu, mas como parte de uma grande experiência chamada amor.

Dê a chance a si mesmo de amar seu próprio coração. Ajoelhe-se diante de si mesmo e não de uma estátua, e veja que o Amor está dentro e ti, sempre esteve e sempre estará ai ó, esperando você O dar a atenção para que Ele floresça na Lótus Perfeita e Pura.

Comece liberando o "não consigo". Depois libere o "estou cansado", e então libere o "não tempo tempo".

Quando liberar estes três, pensamento por pensamento deixe para trás o passado, e tenha certeza que não existe um Deus punitivo, mas sim uma energia de puro amor aguardando sua unificação.



Paz e Luz!
Terry
Comments