Simplifique a vida

Muitas pessoas nem percebem,
e quando se dão conta,
acumularam tantas coisas ao seu redor,
que mal podem sair de casa sem tropeçar no próprio pé.

O passado rodeia a vida daqueles que não tem movimento,
guardar muitos bens materiais não significa ter mais saúde,
seja física ou financeira,
pelo contrario, apenas deixa ainda mais seu passado,
influenciar seu futuro.

Vejo que alguns por aqui,
ainda se apegam tanto ao passado,
que mal se permitem jogar fora aquela revista velha,
aquele sapato usado,
aquele casaco que mal sai do armário.

Isso é imprudência com o próprio corpo,
e ainda mais com sua mente.
Quanto mais acumula ao seu redor,
menos espaço tem para se movimentar,
e movimento é vida,
movimento é a forma natural de percorrer a vida.

Alguns acumulam tanto,
que isso reflete sua própria personalidade,
alterando até mesmo seus corpos físicos.
Procuram regine alimentar e mal sabem que o problema,
é justamente o acumulo de objetos.

Tudo o que nos cerca,
influi também na forma como nos corpos interagem com o ambiente,
posso dizer que muitas pessoas com certo tipo de obesidade,
refletem seu próprio apego ao passado,
escondido em meio a caixas e materiais mundanos.

Quando se desfaz de algo que não precisa mais,
seja de uma roupa ou algo mais valioso,
não está deixando ir somente o objeto,
mas também a forma pensamento do porque ele está ali.

Quando reflete o porque tem aquele material,
pode com isso deixar muitos problemas para trás.
Deixar algo cria mais espaço,
precioso hoje em dia,
qualquer centímetro a mais,
significa um espaço para mais energia no ambiente,
desapegar do passado,
aprender que nada é permanente,
fluxo de idas e vindas,
trás percepção que algo hoje aqui,
amanhã já não estará mais.

Doe tudo que puder a quem precisa,
retire da sua mente aquele objeto,
deixe ir.
Dar aos outros mas deixar preso na mente,
é tão prejudicial quando não doar,
a linha entre dar alguma coisa e doar,
é tão tênue que as vezes pode confundir.

Quando dá algo,
pode ser positivo ou negativo,
depende de sua atitude mental.
Quando doa,
o ato é compassivo,
a intenção é verdadeira e positiva.

Quando doa ao outro,
é um gesto maravilhoso,
seja abraço, carinho, conselhos, comida, bens materiais...,
mas que seja feito sem intenção de colher auto-beneficio,
faça pelo bem comum a todos os seres,
seja compassivo.

Simplificar a vida é a forma natural de viver,
quanto menos coisas te prendem a um local ou uma pessoa,
mais movimento fluido pode fazer,
e se a pessoa que está contigo participa,
existe uma união especial,
uma forma de vida diferente,
sem o fogo descontrolado,
vive em harmonia porque compreende,
que o mesmo espirito é luz em todos os corações.


Se algo te prende e você mal consegue andar,
se desfaça deste algo ou das coisas que não mais utiliza,
do que adianta guardar todas aquelas roupas que usa uma vez ao ano,
ou aquelas jóias, anéis, colares, brincos, sapatos, enfim,
do que adianta ter tudo isso como posse se não utiliza?

Sim, pode dizer que vale dinheiro e pode precisar,
então lhe pergunto, quando vai precisar? Quando vai usar?
Esperar muito tempo guardando passado na gaveta,
trás expectativa que vai sofrer algo ruim, um infortúnio no futuro,
gerar essa forma pensamento não é sadio nem oportuno.

Converta o que tiver em algo positivo agora,
seja ajudando a você mesmo ou outra pessoa,
transforme seu futuro em presente,
transforme seu passado em presente,
unifique tudo no agora.

Quando chegar a conclusão,
que tudo o que tem é senão fruto de desejos,
seja pela recordação do passado, que passou,
ou pela ansiedade no futuro,
percebe que na simplicidade do presente,
o fluir da vida não lhe prender a nada mais,
esse espaço imenso que antes estava ocupado,
agora é um vale fértil para novos plantios,
para viver uma nova vida e criar novas formas,
mesmo que seja comprando algo novo,
esse novo ao menos será diferente,
e essa diferença cria mais vida e disposição,
mais saúde e novas possibilidade.

Claro, é sempre bom ter algumas coisas guardadas,
não digo para se desfazer de todo seu passado,
mas daquilo que não mais lhe ajuda a crescer,
se não utiliza alguma coisa por mais de três anos,
é sinal que provavelmente não irá utilizar por toda sua vida.

Recursos financeiros como prata e ouro,
devem ser apenas mantimentos preventivos,
não algo que o prenda a valores de luxuria.

Se tem dinheiro para investir em algo,
e não acha que ajudar as pessoas é a melhor forma,
que pelo menos você se ajude,
compre terras onde possa plantar,
um local onde tudo o que precisa,
possa ser plantando e colhido por você,
onde compartilhar seja um ato natural,
da terra com você,
e de você com a terra.

Ainda sim, se quer investir e mais alguma coisa,
ajude na construção de Eco Vilas,
uma forma de ajuda mútua que beneficia a todos,
uma comunidade que possa viver mais perto da natureza,
que não precisa se preocupar com reuniões de negócios,
se vai faltar luz ou acabar a agua do prédio,
em trancar o portão para não ser assaltado,
ou com qual roupa vai usar para sair na "balada".

Não pense também que ter dinheiro e ser rico é errado,
quem disse que voto de pobreza trás felicidade?
quem disse que ser eremita ou se isolar no mato é melhor?
As vezes algumas pessoas escolhem esse caminho,
é um caminho como qualquer outro,
nem melhor nem pior, apenas opção,
a forma que escolher aqui para aprender alguma coisa.

A diferença está justo no que faz no caminho,
se é rico e tem condições de aprender e ajudar,
seja a você ou aos outros, é uma coisa,
mas se além de não ajudar ainda se prejudica,
e também aos outros, isso é perda de tempo.
O mesmo vale para os errantes e eremitas,
se no caminho aprende sobre a verdade do espirito,
não julga quem tem mais ou menos que ele,
nem se impõe pela opção que fez,
pois bem, está sendo virtuoso.

Quem é mais feliz?
O homem que na rua distribui flores,
canta e pede para as pessoas serem boas,
ou o homem que passa a vida entre acordar,
comer e dormir,
mal vê a família e quando chega o momento de descanso,
cai no sofá sem ao menos saber porque?

Quem é mais feliz é quem tem atitude de movimento,
quem sabe que por mais que possa ter ou não ter,
possuem a melhor riqueza do mundo,
a opção de escolha, o livre arbítrio para mudar,
para dar aquele giro na roda e viver melhor,
aprendendo que dentro está tudo o que precisa,
mesmo sendo um príncipe ou um mendigo,
aprende a simplificar sua vida,
dando valor ao amor.

Você pode ter uma biblioteca em casa repleta de livros,
ainda sim não pode ser o conhecimento.
Você pode ter mil roupas e sapatos,
mas não tem como usar a todos de uma vez.
Pode ter dez casas onde morar,
mas em uma só pode estar a cada vez.

O único lugar que leva contigo onde for,
é seu corpo, sua morada na vida humana.

Todo o resto é apenas um molde,
uma forma de manter a ilusão,
uma forma de engordar seu espaço,
de engordar sua mente com lembranças.

Procure recorda sempre que somos seres espirituais,
todo o universo é nossa casa,
é de lá que viemos,
sem roupa e sem casa,
e é para lá que voltamos,
sem casa e sem corpo,
enquanto estiver de passagem por aqui,
sua casa é seu corpo,
tudo o mais, algo temporário,
uma breve bagagem emprestada,
passagem para aprender,
para recordar e ser o Ser feliz,
porque no amor, na simplicidade,
tudo é possível.

Crie esse espaço, perceba a diferença,
se isso lhe fizer bem, também vai fazer bem a outros,
e quanto mais espaço livre tiver,
se chegar uma hora que precise mudar,
ficará feliz,
porque mudanças trazem novas possibilidade,
mudar é sempre uma forma nova de aprender,
uma forma de reencarnar sem deixar esta vida, neste mesmo corpo.

Pense nisso, será realmente necessário voltar inúmeras vezes para viver novas oportunidades de crescimento e aprendizagem? Ou será que tendo menos o que nos prende podemos nos mover mais rápido, e com isso, criar novas possibilidades?

Tudo muda, basta criar um espaço onde possa acontecer a mudança.

Uma pedra mesmo que não perceba,
muda o tempo todo,
a areia, o vento, a agua que toca a pedra,
cria pequenas mudanças, e um dia,
aquela pedra de dez toneladas não será mais que um grão de areia,
um pequeno cristal ou um diamante,
tudo muda.

Podemos aprender pelos próprios erros, pelo erros dos outros, pela introspecção, pela recordação, pelas vivencias, pela eterna e real mutação!

Para isso basta começar, se permita viver melhor e não busque desculpas para não mudar seu caminho, busque formas para que possa encontrar sua felicidade.
Não importa se tem a vida cheia de problemas,
inicie dando um passo,
será uma forma nova de incentivo.

Todos que estão lendo ou escutando isso agora, tem possibilidade de mudar algo.

Viva melhor, simplifique, e como já diziam... o segredo da felicidade é poder carregar o que precisa em uma mão!

Eu digo também, o segredo é desapegar e simplificar, tendo na vida aquilo que é mais sagrado, um coração benevolente, uma mente tranquila, atitude compassiva..., o resto vem, porque milagres acontecem todos os dias assim que permite que o amor preencha sua vida!

Deixe o amor preencher cada canto vazio, e tudo se completa na mais pura perfeição!


Namastê,
Terry
Comments