Suplica de amor

Óh Deus, Mãe Divina, TAO, faça de mim instrumento de tua vontade divina.

Abra em meu peito o espírito do amor e caridade, fluindo pelos dez mil caminhos a humildade dos sábios ancestrais iluminados.

Guia-me Divindade, libertando-me do sofrimento que impede que veja além do ego grosseiro.

Faz de mim a lâmina afiada que corta as amarras do medo e da dor, da angústia e desânimo.

Sou teu filho, Tu és a Divindade que está em todas as coisas, nós somos um só Amor Celestial.

Suplico a cura das enfermidades do corpo e da mente.
Suplico a liberdade da alma que incessantemente chama por ti no silêncio do coração.

TAO de infinito Amor, permita-me acreditar e ter esperança que nesse mundo e em todas as tuas casas, através de mim Tua vontade será feita.

Mãe Santíssima, cubra-me com teu Manto Sagrado, pois sou um filho que chora em lágrimas por ver o sofrimento dos mundos que ignoram o amor do infinito TAO.

Óh meu Pai Eterno, estou aqui, silenciosamente batendo nas portas do coração, pedindo perdão pelos atos que não condizem com tua benevolência, pedindo perdão por nem sempre conter as sombras e perceber que Tua Santa Luz está em tudo e todas as coisas.

Celestial manancial de amor, faça do meu corpo, mente e alma o templo sublime de tua Divindade.

Óh TAO de Amor, desfaço-me em ti, como humilde servo da verdade, como uma centelha de tua luz, um ponto estelar de teu imenso Corpo Omniversal.

Saúde eternamente o Amor.

Em gratidão pelo dia de hoje, por essa vida e todas as outras que o TAO proporciona.
Gratidão por ser e por não ser, pelo que está no tempo e além do tempo.
Gratidão aos ancestrais iluminados e aos Mestres, Guias e Mentores Espirituais.

E que assim, na simplicidade e humildade, na Paz e na Luz, o Amor se faça hoje e sempre.

Paz e Luz!
Terry

*Obs.: Escrevi essa pequena mas sincera oração que fluiu do meu coração, porque as vezes é tão difícil permanecer nesse mundo e acreditar nas pessoas, acreditar que ainda existe amor e que o que estamos fazendo aqui é o certo. Não sei o que é certo ou errado, mas peço do mais fundo do meu coração que meus atos sejam guiados pela Espiritualidade Iluminada. Sei que temos um certo livre arbítrio, mas me abstenho dele como um ser individual e peço para que a Divindade de Amor, Deus, Mãe Santíssima, o TAO, se façam em todo meu ser.

De que adianta ser feliz sem saber que estou unido a Santa Vontade e ao Amor?
De que adianta tantos textos, tantas coisas incertas, que com amor tento fazer, se ainda sim isso tudo parece apenas o vento soprando sobre o oceano?
Não sei o que é certo ou errado, se o que faço hoje é melhor do que fiz ontem, se poderia fazer mais do que faço, ou se o que faço pelo menos está dentro da verdade e das leis cósmicas...

Por isso peço a Deus, a Mãe Divina, ao TAO, de forma singela e humilde, para que pelo menos minhas palavras e ações possam ser orientadas pela Luz do Amor, já que em corpo físico sou apenas uma fagulha, que meu coração no silêncio e transparência do Cósmos, seja uma grande Fogueira de Luz.

Quanta lágrima ainda existe para verter? Quantas palavras ainda tenho para dizer antes que o último suspiro seja dado?

Nada disso importa, mas deixo aqui minha suplica mais sincera ao TAO, com carinho e fraternidade, com amor e fé.

Se em algum momento ofendi ou fui desrespeitoso com alguém, peço perdão com todo carinho e sinceridade, entregando na Luz Divina e sublime de Amor.

Que assim seja, e que a Divindade do meu Ser esteja em união e Amor, TAO.

Om Om Om

Paz e Luz!
Terry
Comments