Volta ao passado...?

Existe um momento na vida de todos os seres em que não existe mais volta ao passado. Esse momento é quando se inicia a caminhada na Sabedoria Espiritual.

Seja nesta encarnação ou em outras existências, no passado ou futuro, e até mesmo em outras casas do pai, em algum momento o ser abre "o olho" para algo maior que seu ego pessoal, que seus rótulos e pensamentos mundanos, deixando que a força do amor tome conta de todo seu Eu, até que não exista mais nada além de luz.

Quando se escolhe o caminho e o caminhar espiritual, os velhos hábitos já não são mais possíveis. As velhas conversas já não são mais agradáveis ao coração. Os medos, angústias, e frutos ácidos a alma, agora em processo de ascensão, já não são mais bem vindos.

É nesse momento em que é preciso parar por um momento em reflexão profunda, seja em meditação ou no trabalho interno da mente, é preciso deixar sair todo o passado de dentro, olhar sem medo para tudo o que já fez e para tudo o que construiu, sejam de coisas positivas ou negativas, é preciso abandonar o medo da mudança e dar lugar ao bastão da fé. Uma fé que não é baseada somente em religiões ou culturas, mas na certeza de que existe algo muito maior, uma energia tão sublime que nos dá a oportunidade de conhece-La simplesmente abrindo as portas do coração, usando uma única chave mestra, o Amor.

Ao escolher o caminho espiritual, muitas pessoas do passado, muitos lugares que antes frequentava, muitas situações que pareciam normais, agora não fazem sentido. É preciso força de vontade para romper as algemas colocadas pela cultura de massa e pela doutrina da competição em que os humanos são criados atualmente.

Deixando o passado e não temendo o futuro, sem desdenhar ou ignorar as obrigações de família e trabalho para com o mundo, o caminhante espiritual eleva sua cabeça aos céus e afunda os pés na terra, tornando-se a uma fonte de amor que unifica céu e terra no coração Cristico do Amor.

Não se preocupe se o caminho é de pedras, água, fogo ou ar, tenha certeza que essa energia de Amor já lhe forneceu tudo o que precisa para que supere sua própria cruz interna.

Não machuque as pessoas no processo de transformação do seu Eu. O verdadeiro caminhante espiritual, com o passar dos éons, aprende que a mudança precisa estar alinhada ao beneficio de todos os seres, para que enquanto se eleva a luz, por onde caminhar nasçam flores, e com elas tudo o que estiver ao redor possa ser perfumado com sua sabedoria compassiva.

Cuidado ao percorrer os caminhos espirituais, pois no ato em que vai deixando os pensamentos e sentimentos saírem do fundo da mente, liberando as toxinas internas, muitas vezes o humor do corpo humano e da mente ainda desequilibrada pode machucar pessoas com palavras e atitudes egoístas e vaidosas. Muita atenção a esse ponto, pois o caminhante encontra no ego, na vaidade, no medo, as maiores chances de queda. Trabalhe lentamente e com fé sempre voltadas ao amor e caridade. Quando se escolhe ajudar a si e as outras pessoas, a humildade vai brotando e ajudando nas conexões de luz junto aos Mestres de Amor Luminal.

Não tema esse caminho, pois Ele é a volta para Casa. Não tema o Amor, pois Ele é sua essência Imortal.

Entregue-se de corpo, mente e alma a Luz do Divino Amor.


Paz e Luz!
Terry
Comments