Artigos Interessantes‎ > ‎Diversos‎ > ‎

Significado simbólico da figa

Trecho extraído de “A Revolução Silenciosa”
de Pierre Weil, págs. 90 / 91


• Segundo o Dicionário de Aurélio XX\I, eis, abaixo, a explicação sobre a figa.
1. Amuleto em forma de mão fechada, com o polegar entre o indicador e o dedo médio, e us. supostamente como preservativo de malefícios, doenças, etc.
2. Sinal que se faz com a mão, pondo os dedos como na figa, para esconjurar ou repelir; esconjuro.

Sem o percebermos, brincamos, apresentamos ou ameaçamos com a figa, apontamos para o outro a título de esconjurar. Com a figa ou nossa própria mão. Todavia, sem sabermos do seu significado real.

A figa

Em seu livro, Pierre Weil nos conta como tomou conhecimento do significado simbólico da figa, bem mais profundo do que nós podemos conceber. De valor e significado filosófico, místico, sagrado.

Leiamos o texto.
Foi numa gruta no Himalaia, que um anacoreta, uma escultora alemã chamada Uma nos recebeu. No caminho eu tinha escolhido umas três ou quatro raízes em forma de carneiro o meu signo astrológico. Quando chegamos à gruta, a primeira coisa que me surpreendeu foi um enorme carneiro esculpido na rocha.
Além de escultura, Umá era discípula de Shiyvanada. Depois de sua morte ela, se retirou para essa gruta, onde vivia com carneiros e protegida das feras, à noite, por uma sólida grade de ferro.
Ela tocou Vina para nós, divinamente. É um instrumento de corda, sagrado. Depois, resolvi dar-lhe de lembrança uma figa. Para quê? Não é que ela começou a examinar a pequena escultura de madeira com bastante interesse e falou:
- cada dedo de nossa mão simboliza um atributo da divindade. Os três primeiros dedos, a partir do mindinho, simboliza os três gunas ou atributos da matéria-energia: Inércia, Dinamismo e Luz. O indicador simboliza o Atman ou o Eu interior individual e o Polegar significa Brahman, apontando para cima, isto é, mostrando que ele é o ponto de ligação entre o Eu individual e as três forças da natureza em nós.
O conjunto é um apelo para dirigirmos todas as forças do nosso Ser individual para cima.
Que belo símbolo da sublimação da energia! Um símbolo brasileiro cujo significado se perdeu através dos tempos, explicado por uma alemã, na Índia, para um francês.
Observação: - A filosofia oriental chama a Divindade Universal Brahman e dá o nome de Brahma à mais antiga individuação universal da Divindade. Corresponde para nós ao Pai e Filho.
Comments